O Sangue e a Rua: Elementos para uma antropologia da violência em Portugal (1926-1946

9,00€

O Sangue e a Rua: Elementos para uma antropologia da violência em Portugal (1926-1946

9,00€

FATELA, João (1989) O Sangue e a Rua: Elementos para uma  antropologia da violência em Portugal (1926-1946). Lisboa: Publicações  Dom Quixote. De 24x16cm. Com 262 págs. B.

O presente ensaio – nascido da reformulação de uma tese de doutoramento pelo autor apresentada na Universidade de Paris VII -, é sem favor um livro  de leitura aliciante, (…). A última parte do livro, é um levantamento do modo  como o próprio imaginário desafiou a ordem nascente do salazarismo,  através da evocação da sempre fascinante e renovável figura do criminoso…”.

“O Sangue e a Rua. Entre estes dois polos se inscreve, a criminalidade portuguesa, através das  principais figuras que decidimos analisar: o homicídio, o furto e a vadiagem. Entre a criminalidade  de sangue, pela qual a sociedade procura salvaguardar as suas fronteiras, e a criminalidade de rua,  pela qual tenta alargá-las ou subvertê-las, se traduz o movimento de um país e a sua violência  constitutiva.

Nº.18 da Colecção Portugal de Perto

Esse produto está atualmente indisponível. Você pode nos enviar uma pergunta sobre isso.

Também pode estar interessado em