RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS DE PORTUGAL COM A SANTA SÉ: O RECONHECIMENTO DO REI D. MIGUEL (1831).

25,00€

RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS DE PORTUGAL COM A SANTA SÉ: O RECONHECIMENTO DO REI D. MIGUEL (1831).

25,00€
1

BRAZÃO, Eduardo (1972) RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS DE PORTUGAL COM A SANTA SÉ: O RECONHECIMENTO DO REI D. MIGUEL (1831). Lisboa: Academia Internacional de Cultura Portuguesa. De 23x15 cm. Com 603 págs., [4] fls. desdob. Ilust. B.

“Não se pretende aqui estudar o problema da legitimidade sucessória de D. Miguel à coroa portuguesa. Apenas debruçar-nos sobre os motivos que teriam levado a Santa Sé, depois de algumas hesitações, a reconhecê-la, aceitando as credenciais do seu Embaixador. (…) Neste período, coberto pela documentação apresentada, tivemos em Roma, a representar-nos junto do Papa: O Conde e depois Marquês do Funchal, O Marquês do Lavradio e o Encarregado de Negócios, Miguéis de carvalho, mais tarde Barão da Venda da Cruz. (…) Nas notas que acompanham o texto dos documentos, quase todos recolhidos no arquivo da Embaixada de Portugal junto da Santa Sé, vai-se acompanhando a História de Portugal e da Europa de então e sobretudo a triste guerra civil que se desenrolava em território nacional…”.

Apenas 1 Unidades disponíveis

Também pode estar interessado em