SÃO SALVADOR DE GRIJÓ NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIV

7,00€

SÃO SALVADOR DE GRIJÓ NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIV

7,00€

AMARAL, Luís Carlos (1994) SÃO SALVADOR DE GRIJÓ NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIV: Estudo de gestão agrária. Lisboa: Edições Cosmos. De 23x16cm. Com 324 págs. B.

Versão revista da Dissertação de Mestrado e, História Medieval, apresentada e defendida em provas públicas ma Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

A fundação do velho mosteiro de São Salvador de Grijó remonta à primeira metade do século X. Protegido e favorecido por uma destacada família da aristocracia regional, o pequeno cenóbio acabou por se transformar, entre os séculos XII e XIV, numa importante instituição monástica cujos domínios se estendiam desde as margens do Douro até Coimbra.

Na centúria de trezentos sofreu, como toda a sociedade do tempo, as consequências da generalizada crise política, económica e social que afectou a totalidade do espaço europeu. Em face do despovoamento do senhorio e da quebra das rendas, e ainda perante os crescentes abusos da nobreza patronal, o prior e os cónegos agostinhos de Grijó desenvolveram uma notável acção no sentido de preservarem, tanto quanto possível, o poder e a riqueza do seu mosteiro. É precisamente esta problemática que o presente livro analisa”. Ilustrado com vários mapas, muitos em folha desdobrável.

Este produto ficou sem stock. Contacte-nos.

Também pode estar interessado em