CANCIONEIRO MUSICAL DE BELÉM.

16,00€

CANCIONEIRO MUSICAL DE BELÉM.

16,00€
1

CANCIONEIRO MUSICAL DE BELÉM. E ESTUDO INTRODUTÓRIO E TRANSCRIÇÃO DE MANUEL MORAIS. LISBOA: IMP. NAC.-CASA DA MOEDA, 1988. DE 32X22 CM. COM 140, [3] PÁGS. ILUST. E.

O Cancioneiro de Belém é um manuscrito português do início do século XVII contendo 18 músicas e poemas da época renascentista e foi descoberto no finais dos anos 60 pelos professores Arthur Lee-Francis Askins e Jack Sage, especialistas na poesia quinhentista Ibérica, entre os códices, na época ainda inexplorados, do Museu Nacional de arqueologia e etnologia, em Belém, Lisboa.

Manuel Morais estuda e publica neste volume uma edição crítica do cancioneiro, juntamente com a transcrição para notação musical moderna de todas as dezoito músicas. No interior do cancioneiro uma inscrição informa: Porto, dia de S. Miguel, [1]603. Entretanto, as músicas nele contidas são anteriores a 1603, tendo sido datadas como pertencentes à segunda metade do século XVI (c. 1560-1580). No cancioneiro estão registados os únicos madrigais portugueses manuscritos de que se tem notícia, além de vilancetes, cantigas e dois raros exemplos de vilancicos religiosos, um para o Natal (Pues a Dios humano vemos) e outro para Corpus Christi (O manjar bivo, dulçe i provechoso).

Encadernação editorial em tela com títulos gravados a seco e a negro na pasta frontal e lombada, protegida por sobrecapa impressa a cores. [contracapa, corte das folhas, primeiras e a últimas páginas com manchas de acidez]

Apenas 1 Unidades disponíveis

Também pode estar interessado em