COLÓQUIO. LETRAS. NÚMERO 178, Setembro/Dezembro 2011.

10,00€

COLÓQUIO. LETRAS. NÚMERO 178, Setembro/Dezembro 2011.

10,00€
1

COLÓQUIO. LETRAS. NÚMERO 178, Setembro/Dezembro 2011. PROPR. E ED. FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN; LISBOA: FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN. DE 25X16 CM.  2vols. COM 286+152 PÁGS. ILUST. B.

Incluem-se artigos de Silvina Rodrigues Lopes (“Como quem num dia de Verão abre a porta de casa”), Pedro Eiras (“Ruy Belo: a habitação do mundo”), Carlos Felipe Moisés (“Tradição e vanguarda”), Fernando J. B. Martinho (“Ruy Belo e T. S. Eliot”), Diana Pimentel (“ruy belo, era uma vez”), Isabel Morujão (“Mulher única, inúmera mulher”) e Manuel António Ribeiro (“A insatisfação religiosa na poesia de Ruy Belo”), e revelam-se duas cartas inéditas do poeta de Toda a Terra.

Para além das habituais secções de crítica, publicam-se inéditos de João Rui de Sousa, Luísa Freire e Mário Cláudio, e artigos de Teresa Cristina Cerdeira (sobre Helder Macedo), Ana Marques Gastão (sobre Ana Hatherly) e Augusto Nascimento (sobre Francisco Tenreiro). As obras reproduzidas são da autoria do pintor Pedro Calapez.

O n.º 178 é acompanhado de um suplemento bilingue (português-castelhano):

Siglo de Oro: Relações Hispano-Portuguesas no Século XVII

Os artigos aqui reunidos dão uma visão enriquecedora das relações culturais no contexto ibérico do século XVII durante o período da Monarquia dual — período normalmente passado por alto, por motivos que a suscetibilidade política explica mas que apagam uma atividade cultural que vai da literatura às artes plásticas, da vida religiosa e social ao quotidiano.

Apenas 1 Unidades disponíveis

Também pode estar interessado em