A MORTE DO IMAGINÁRIO.

13,00€

A MORTE DO IMAGINÁRIO.

13,00€
1

BARREIRA, João (1923) A MORTE DO IMAGINÁRIO. Lisboa: [s.n.]. De 18x13 cm. Com 76 págs. B.

Primeira edição deste conto que evoca de forma magistral o período tardomedieval português, onde a arte e arquitectura andam de mãos dadas com a história, e onde os estaleiros de uma grande obra arquitetónica e as oficinas dos artesãos são desvendadas em toda a sua forma.

Sendo um dos primeiros trabalhos foi calorosamente recebido pela crítica. O autor que foi médico, escritor, professor, destacando-se como historiador de arte. Raro.

Apenas 1 Unidades disponíveis

Também pode estar interessado em