UM ESCRITOR CONFESSA-SE: MEMÓRIAS

12,72€

UM ESCRITOR CONFESSA-SE: MEMÓRIAS

12,72€
1

RIBEIRO, AQUILINO (1975) UM ESCRITOR CONFESSA-SE: MEMÓRIAS. INTRODUÇÃO DE JOSÉ GOMES FERREIRA. LISBOA: LIVRARIA BERTRAND. DE 20X16 CM. COM 406, [1] PÁGS. E.

“Trata-se, com efeito, de um livro muito importante na obra magistral de mestre Aquilino. Não só porque conta a sua vida, desde a expulsão, por falta de vocação, do Seminário de Évora, em que estudava, até aos seus primeiros e aventurosos passos na Lisboa de princípios do século XX. Nas redacções dos jornais republicanos em que colaborou, sem chegar para o seu sustento, os livros que traduziu, sem que o seu próprio nome figurasse na portada, nas pensões manhosas em que se alojou e fez relações com republicanos, maçons, carbonários e anarquistas, tenso participado na boémia pataqueira - e um tanto sórdida - dessa Lisboa, tão diferente da sua aldeia, nas conspirações contra o «ditador» João Franco e o juiz Veiga, sem excluir o «Marquês da Bacalhoa», que não era outro senão o odiado D. Carlos, retratado, com ferocidade e desdém.”

Encadernação inteira de percalina com títulos a ouro gravados na lombada; capas da brochura conservadas; corte da cabeça carminado.

Nota: miolo amarelecido, mas limpo.

Apenas 1 Unidades disponíveis

Também pode estar interessado em