A FORMAÇÃO DO REPUBLICANISMO NA LITERATURA

4,77€ 5,30€

A FORMAÇÃO DO REPUBLICANISMO NA LITERATURA

4,77€ 5,30€
1

GOMES, ANTÓNIO MARTINS (2010) ÀS ARMAS: A FORMAÇÃO DO REPUBLICANISMO NA LITERATURA E CULTURA PORTUGUESA. LISBOA: CALEIDOSCÓPIO. DE 24X15 CM. COM272 PÁGS. B.

Este estudo (que reproduz a Tese de doutoramento defendida na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa) acompanha a evolução gradual do pensamento republicano na literatura produzida ao longo das últimas décadas da Monarquia Portuguesa, e aborda - entre outras matérias de interesse histórico e cultural - a categoria genológica do romance político e o texto literário como instrumento ideológico, a partir de algumas obras de autores deste período: para monárquicos, como Eça de Queiroz ou Carlos Malheiro Dias, o republicanismo é a concretização da perigosa anarquia trazida pela revolução “de baixo” e conducente ao descalabro social; para republicanos, como Guerra Junqueiro ou Abel Botelho, a implantação do modelo político que defendem é a única tábua de salvação para uma nação à deriva na sua degenerescência finissecular.

Apenas 1 Unidades disponíveis

Também pode estar interessado em