EÇA DE QUEIRÓS CRONISTA. Do «Distrito de Évora» (1867) às «Farpas» (1871-72)

5,00€

EÇA DE QUEIRÓS CRONISTA. Do «Distrito de Évora» (1867) às «Farpas» (1871-72)

5,00€
1

RITA, Annabela (1998) EÇA DE QUEIRÓS CRONISTA. Do «Distrito de Évora» (1867) às «Farpas» (1871-72). Lisboa: Edições Cosmos. De 23x16 cm. Com 257 págs. B.

Primeiro ensaio queirosiano publicado pela Prof. Doutora Annabela Rita. «Eça de Queirós Cronista» é um trabalho pioneiro numa temática esquecida na literatura d’autor d’Os Maias, pois nem o extenso 'Dicionário de Eça de Queiroz' na sua primeira versão, dedicou qualquer verbete à «crónica ou cronística».

"Annabela Rita opera a desconstrução histórica dos dois conjuntos de crónicas, o primeiro evidenciando um Eça entretecido no Rotativismo, fazendo do Distrito de Évora

um jornal tanto representativo do liberalismo do Estado como oposicionista ao 'Governo da Fusão' de Joaquim António de Aguiar". No segundo conjunto de crónicas, a autora "prossegue esclarecendo o Eça d''As Farpas', da colaboração com Ramalho Ortigão, …".

Apenas 1 Unidades disponíveis

Também pode estar interessado em